terça-feira, 24 de setembro de 2013

Campanha Temporada das Baleias 2013


Draga Recreio dos Bandeirantes finalmente é retirada do Píer Municipal de Caravelas



Depois de quase 6 meses abandonada em Caravelas, período que as autoridades municipais, a Empresa Fibria, a Marinha do Brasil, os empresários do turismo náutico e a comunidade em geral protestaram e fizeram o que estava dentro da lei para solucionar esse problema, na sexta-feira (20), a oficina náutica Calheiros – do conhecido Tião da Balsa - foi responsável pela manobra que rebocou a draga Recreio dos Bandeirantes para fora do Píer Municipal de Caravelas.

Na entrada da última frente fria de setembro (13/09) com maré grande de enchente, a draga Recreio dos Bandeirantes derrubou um poste de iluminação onde estava amarrado um dos cabos, por pouco não causando um acidente de grandes proporções, afundando todos os barcos de turismo Abrolhos, além de outros 02 veleiros e 01 lancha que estavam atracados no Píer Municipal.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente multou a empresa Bandeirantes Dragagem em R$ 100mil e desde o mês de junho, a Prefeitura de Caravelas com apoio da Fibria está movendo ação jurídica contra a Empresa que abandonou essa embarcação no Píer Municipal, não pagou as taxas de atracação cobradas pelo município, causou prejuízos ao patrimônio público e pôs em risco as pessoas e o ecossistema do rio Caravelas. A Marinha do Brasil, através da Capitania dos Portos de Porto Seguro,foi parceira na cobrança de documentação e demais pendências da Empresa Bandeirantes com o município, inclusive autuando com multa a Embarcação.

A operação de dragagem é monitorada pela Comissão de Acompanhamento da Dragagem, com representantes de ONGs, de associações de pescadores, do ICMBio e do IBAMA.
 
Por: Adriene Coelho disponível também aqui.

Leão marinho volta a aparecer

Monitorado desde o dia 11 de julho, o leão marinho que foi encontrado pela primeira vez na região de Caravelas, extremo sul da Bahia, e depois em outras localidades próximas, causou preocupação aos veterinários do Projeto Baleia Jubarte em virtude de registros de domesticação do animal. A novidade é que o PBJ recebeu a informação de que este mesmo animal foi avistado em alto-mar, próximo a um canal de Caravelas, chamado Boca do Tomba, na última semana. “Pescadores locais acreditam que o leão-marinho tenha ido embora com uma frente fria que passou por Caravelas. Torcemos para que seja verdade”, conta a veterinária Adriana Colósio.
O que NÃO FAZER quando encontrar um leão marinho ou outro animal marinho vivo:
  • Não se aproxime e não toque no animal, pois ele pode se assustar e acabar se machucando ou atacar quem estiver próximo.
  • Não force o animal a voltar para água. No caso do leão marinho, é comum à espécie o hábito de descansar na praia.
Apesar de não apresentarem movimentos migratórios, os machos da espécie realizam movimentos sazonais, anualmente, durante a primavera e o inverno. Na Bahia, desde 1984, existem registros esporádicos de leão-marinho.
 
 FONTE: IBJ, também disponível aqui.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Ponta de Areia e Ponte Preta são os campeões do futebol caravelense


PONTA DE AREIA CAMPEÃO DO CAMPEONATO DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE CARAVELAS EM 2013

Os Campeonatos de Futebol da Primeira e Segunda Divisão de Caravelas em 2013 terminaram neste domingo (22), quando foram realizadas as partidas finais.
Pela segunda divisão a equipe da Ponte Preta realizou uma partida sensacional, vencendo de virada a equipe da Catuense da Barra de Caravelas pelo placar de 4 x 2. O time da Ponte Preta saiu na frente do placar no início do primeiro tempo de jogo, em seguida a Catuense empatou e virou em 2 X 1.  No segundo tempo a equipe da Ponte Preta usou da experiência e empatou em 2 X 2. Com um jogador a mais, tocou a bola e aproveitou o espaço do adversário para ampliar para 4 X 2,  fechando o placar que lhe deu o título de Campeão da Segunda Divisão de 2013.  
PONTA DE AREIA CAMPEÃO DO CAMPEONATO DE FUTEBOL 
DA PRIMEIRA DIVISÃO DE CARAVELAS EM 2013
Na primeira divisão o time Ponta de Areia quebrou a hegemonia do time de Caravelas, que buscava o tetra campeonato. Com uma partida bastante disputada, o Ponta de Areia abriu o marcador com gol do jogador Veinho,  cobrando falta de fora área. Já no segundo tempo o Caravelas empatou com gol do jogador pradense Iau, após reposição errada do goleiro Luciano, que acabou jogando a bola nos pés do jogador, que bateu por cobertura, fazendo um belo gol. Com o empate a decisão foi para as cobranças de 5 tiros livres diretos da marca penal  para cada equipe, onde o Ponta de Areia teve aproveitamento de 100%, já o Caravelas perdeu um gol, o que lhe tirou o tetra campeonato.
Os Campeonatos de Futebol da Primeira e Segunda Divisão de Caravelas são organizados pela Divisão de Esportes da Secretaria de Esportes e Turismo, com apoio da Prefeitura Municipal de Caravelas, e da FASE Esportes, de Teixeira de Freitas. O evento foi abrilhantado pelo acompanhamento da Radio Pica Pau com a equipe do vibrante narrador esportivo Osmar Guarnelles, Anderson Lima repórter de campo e Jorge Murilo nos comentários.
O prefeito Jadson Ruas, acompanhado da primeira dama Ariane Ribeiro, do vereador Jose Cruz Popô e de vários secretários municipais, esteve presente durante os jogos e no encerramento, Jadson Ruas aproveitou para falar da recuperação das dependências do estádio Dezorão, prevista para o próximo ano. Prometendo ainda mais apoio e incentivo ao esporte do município, o prefeito Jadson parabenizou as equipes participantes, os desportistas, o público presente, que lotou a arquibancada e a incansável Divisão de Esportes, na pessoa de seu coordenador, Nêgo, que está à frente da organização do esporte Caravelense em suas várias modalidades. Parabéns a todos!




CARAVELAS VICE-CAMPEÃO DO CAMPEONATO DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE CARAVELAS EM 2013
CATUENSE B DA BARRA DE CARAVELAS VICE-CAMPEÃO  DO CAMPEONATO DE FUTEBOL DA SEGUNDA DIVISÃO DE CARAVELAS EM 2013
POLICIAL MILITAR ALEX PETERSEN ENTREGANDO O PRÊMIO DE VICE-CAMPEÃO DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO 2013 AO RAFAEL CAPITÃO DO CARAVELAS
PREFEITO JADSON RUAS E A EQUIPE DA RADIO PICA PAU, ANDERSON LIMA, OSMAR GUARNELLES E JORGE MURILO.
PREFEITO JADSON RUAS ENTREGANDO O PRÊMIO DE CAMPEÃO DE FUTEBOL 2013 DA PRIMEIRA DIVISÃO AO  PINOQUIO CAPITÃO DE PONTA DE AREIA
PREFEITO JADSON RUAS NO ENCERRAMENTO PARABENIZA ÁS EQUIPES PARTICIPANTES DOS CAMPEONATOS DA SEGUNDA E PRIMEIRA DIVISÃO DE CARAVELAS EM 2013
TITULO DE CAMPEÃO DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO FOI DECIDIDO EM COBRANÇAS DE PENALTES

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Índios da aldeia Renascer “Reconhecidos em 2012” dizem que estão acuados pelo eucalipto no município de Alcobaça


A ONU (Organização das Nações Unidas) considera que o modelo padrão de desenvolvimento sustentável deve ser economicamente viável, ambientalmente correto e socialmente justo. Este último padrão, no entanto, parece estar sendo deixado de lado pelas multinacionais da celulose que atuam no entorno da comunidade do Bruno, localizada na zona rural do município de Alcobaça. Nesta região foi descoberto recentemente, um grupo de índios que está no local desde 1951. Reconhecida pela Funai somente em 2012, a Aldeia Indígena Renascer ocupa um pequeno pedaço de terra cercado de eucalipto por todos os lados.
As 30 famílias que moram na aldeia, da etnia Pataxó Hã Hã Hãe, vivem em um enclave no meio das plantações da Suzano e da Fibra, cercadas por arame farpado e vigiados pelos seguranças armados das duas empresas.  Se contabilizadas as comunidades nas regiões do Bruno e Igrejinha, são 126 famílias residentes no entorno, às margens da estrada vicinal que liga Teixeira a Caravelas, no entanto, a comunidade indígena está sediada em território de Alcobaça.
A presença constante de seguranças armados é confirmada tanto por moradores da aldeia, quanto da comunidade do Bruno. Os índios dizem que se sentem acuados e sujeitos a fugirem a qualquer momento das suas habitações naturais e ainda reclamam que estão cercados por um cinturão verde, formado por plantios de eucaliptos e as empresas nada fazem por eles com alguma ação social diante das obrigações de contrapartida sociail que as empresas deveriam dispensar em favor das comunidades tradicionais e ainda querem expulsá-los.
De acordo com o professor mestre Benedito de Souza Santos, docente de História e Sociologia na Universidade Estadual da Bahia (UNEB) e Faculdade do Sul da Bahia (FASB), e que estuda a comunidade indígena em um trabalho de dissertação, os índios que integram a Aldeia Renascer são oriundos da Aldeia Caramuru, em Pau Brasil, mas chegaram à região no início da década de 1950, fugindo da perseguição a que estavam sendo submetidos.
“Logo que chegamos, o fazendeiro que era o dono desse lugar disse que podíamos usar um pedaço de terra para plantar. Nos estabelecemos por aqui e fizemos nossa lavoura”, conta a índia Maria Francina de Jesus, cujo pai foi um dos primeiros a se instalar no local, juntamente com a família.  Dessa pequena roça os moradores tiravam o próprio alimento e vendiam o que sobrava.
“A vida seguia pacata e a subsistência era garantida com o que plantávamos, até que as terras que ocupávamos, emprestadas pelo fazendeiro, foram vendidas às empresas de celulose. Nós achamos ruim, porque as empresas chegaram e arrancaram muita lavoura sem nos pedir licença. Meteram o maquinário para dentro e arrancaram as plantações e o coqueiral”, conta dona Maria Francina.
A antiga roça dos índios deu lugar às imensas plantações de eucalipto e, atualmente, está restrita a uma faixa de não mais do que mil metros quadrados. “Hoje em dia nosso espaço é só essa faixinha de terra. De um lado a Suzano e o outro lado a Fibria. Nós plantamos, arrancamos e comemos. Depois plantamos de novo e temos que esperar amadurecer, porque não temos espaço para plantar. Vivemos assim há anos, só por milagre de Deus”, diz a índia.
Segundo ela, a pequena faixa de terra onde atualmente está plantada mandioca foi “cedida” pelas empresas de celulose às famílias há menos de dois anos e consiste em uma área de recuo da plantação de eucalipto, depois que moradores da comunidade reclamaram que as imensas árvores estavam muito próximas das residências.  “Até dois anos atrás, o eucalipto era plantado praticamente na porta das casas da aldeia, tanto que quando ventava os galhos caíam no telhado da minha casa”, comenta dona Maria Francina.
De acordo com o professor mestre Benedito Souza, essa comunidade indígena foi reconhecida pela Funai somente em 2012. Antes, eram conhecidos como caboclos e utilizados como mão-de-obra nas primeiras plantações de eucalipto. Há aproximadamente cinco anos, quando passaram a reivindicar sua condição indígena, as empresas de celulose deram início a uma política de exclusão. “Os índios tiveram que deixar o local original onde haviam se estabelecido e acabaram restritos a uma pequena faixa de terra”, explica o professor. 

Fonte: Teixeira News

Comerciante de Teixeira encontra plástico e papel do Jogo do Bicho em garrafa da Coca-Cola

 
Depois do caso da cabeça de rato encontrada em uma garrafa de Coca-Cola em São Paulo, mais um episódio polêmico envolvendo a marca de refrigerante chega à imprensa, desta vez, no Extremo Sul da Bahia.
Uma comerciante teixeirense, que não quis ter o nome divulgado, apresentou no Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas, uma garrafa de vidro da marca de refrigerantes, Coca-Cola, contendo um pedaço de um saco plástico e um papel carimbado, que aparenta ser um comprovante do Jogo do Bicho.
A garrafa foi descoberta quando a comerciante fazia a reposição dos refrigerantes no freezer do seu estabelecimento localizado próximo a Delegacia. A garrafa foi enviada para o Laboratório Central (LACEN), em Salvador, para exames periciais. O caso do rato morto dentro da garrafa ainda lacrada do refrigerante foi registrado em dezembro 2000, mas só ganhou repercussão este mês, depois que foi noticiado há cerca de dez dias em reportagem na TV Record.
A crise de imagem gerada pelo possível caso de contaminação levou a empresa a se manifestar nesta quinta-feira, 19 de setembro, afirmando que todos os seus produtos obedecem a rígidos processos de fabricação. O comunicado nega a acusação do consumidor: “Nossos protocolos de controle de qualidade e higiene tornam impossível que um roedor entre em uma garrafa em nossas instalações fabris”, diz o trecho da nota.

 

Por: Sulbahianews

Mulher cai em golpe falso de sequestro do irmão e deposita certa quantia na conta dos criminosos

No início da tarde desta quinta-feira, 19 de setembro, uma moradora da cidade de Caravelas formalizou um Boletim de Ocorrência relacionado a um falso sequestro, contra seu irmão, morador de Teixeira de Freitas. Segundo a vítima, pessoas desconhecidas ligaram em seu celular, informando que o seu irmão, identificado pelo prenome de Serafim, estaria em poder deles e exigiam certa quantia em dinheiro como forma de pagamento para que o mesmo fosse liberado.
No desespero, a vítima pegou todo o dinheiro que tinha e depositou em uma conta da Caixa Econômica – Ag. 1619; Operação 23; Conta 11549-7, em nome de Tatiana Souza da Silva. Foi depositado na referida conta, R$ 1.230,00 (um mil duzentos e trinta reais). Os criminosos não aceitaram apenas essa quantia e exigiam um depósito de R$ 5.000,00 (cinco mil) reais. Desesperada a vítima veio até Teixeira de Freitas na tentativa de fazer um empréstimo, mas acabou descobrindo que era falsa a informação.
O irmão da vítima foi localizado e encontra-se bem. A vítima identificada pelo prenome de Luciana foi orientada a registrar outro Boletim de Ocorrência na cidade Caravelas. O caso será investigado pela Polícia Civil, que deixa o alerta para a população.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Estudantes do Colégio Polivalente de Caravelas, ganhadores do AVE (Artes Visuais Estudantis) e Tal (Tempo de Artes Literárias) participam do 1º Encontro Estudantil de Ciência, Arte e Cultura em Teixeira de Freitas.

Aluno do 3ºano do Ensino Médio, Rogério Falcão 
Rogério Falcão Ferreira morador da Barra de Caravelas, aluno do 3º ano do Ensino Médio foi ganhador da etapa escolar do projeto Artes Visuais Estudantis (AVE) com o desenho Pescamaré. Rogério além de fazer oficinas de arte com pirogravo pode conhecer também as artes dos ganhadores de outros Colégio Estaduais da região, que serão selecionados e levados a exposição em Salvador.

Desenhor intitulado Pescamaré do Aluno Selecionado Rogério Falcão.
Criado em 2008, o AVE trata-se de um projeto pioneiro, de caráter educativo, artístico e cultural, concebido a partir de uma perspectiva abrangente, pois envolve os estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e equivalentes (Educação de Jovens e Adultos - EJA, Ensino Normal e Tecnológico) da rede estadual de educação da Bahia.
Dentre os objetivos, o AVE propõe estimular a criação de obras de artes visuais nos contextos escolares, assim como a valorização das expressões culturais regionais.

Luciana Ferreira moradora de Ponta de Areia, distrito de Caravelas, aluna do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Polivalente de Caravelas, também participou da Etapa escolar do projetoTAL – Tempo de Artes Literárias, foi ganhadora com o poema O Término. Luciana participou de oficinas com todos finalistas do TAL, como também do Sarau Literário.

O Projeto Tempos de Arte Literária (TAL), de natureza educativa, artístico-literária e cultural, conta com a participação dos estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e equivalentes (Educação de Jovens e Adultos - EJA, Ensino Normal e Tecnológico). Dentre os objetivos, destacam-se os seguintes: estimular a produção literária nos ambientes escolares e a valorização das manifestações culturais regionais; contribuir para a formação da intelectualidade e espiritualidade (ético e artístico) e, com isso, abrir caminhos literários para a participação social; compreender a arte literária como objeto de ampliação do conhecimento, do saber e de prazer estético; promover um ambiente educacional prazeroso no qual a cultura, a arte literária e a educação se expressem em sintonia, contribuindo para transformar os contextos escolares; estimular o gosto pela leitura e literatura, a arte de ler, de interpretar e de escrever, respeitando os distintos gêneros e estilos das distintas escolas literárias; construir pontos de encontro e rodas literárias nos ambientes escolares com vistas à consolidação do letramento; influir sobre o mercado da arte literária, estimulando os novos cultores e produtores.






Algumas artes dos ganhadores selecionados da etapa Escolar AVE








terça-feira, 17 de setembro de 2013

Greve dos professores da rede municipal de Caravelas por tempo indeterminado

 

Professores da rede municipal de Caravelas deflagraram greve no último dia 28 de agosto. Já se passaram 19 dias, e a situação continua a mesma. Segundo o sindicato (APLB), cerca de 5.100 alunos estão fora da sala de aula.
A categoria decidiu entrar em greve por tempo indeterminado e levar em frente os seus pedidos, através de manifestações e atos públicos.

A categoria está com uma reunião agendada com o prefeito Jadson Ruas para o próximo dia 23 de setembro. Até lá os alunos continuarão sem aulas.

Veja entrevista e passeata com os professores AQUI

Por: Mirian Ferreira/Liberdadenews

1º Encontro Estudantil de Ciência, Arte e Cultura começa nesta segunda-feira, em Teixeira de Freitas


O 1º Encontro Estudantil de Ciência, Arte e Cultura começa nesta segunda-feira (16/9), às 14h, e vai até a sexta-feira (20/9), no Clube Kaikan, em Teixeira de Freitas,.

Organizado pela Direc 9 e coordenado pelas professoras Marcilea Freitas e Maria Aparecida Martinuzzo, o 1º Encontro Estudantil será palco da I Conferência Regional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente (dia 16/9); e dos projetos Artes Visuais Estudantis (AVE) e Educação Patrimonial e Artística (EPA) (dia 17/9); Tempos de Arte Literária (TAL); Produção de Vídeos Estudantil (PROVE) (dia 19/9); e, por fim, o Festival Anual da Canção Estudantil (FACE).

Do projeto Tempos de Arte Literária (TAL), que acontece na quarta-feira (18/9), por exemplo, participam os alunos dos ensinos fundamental e médio das escolas estaduais.

Em sua quinta edição, o Sarau do TAL, como é conhecido, se desenvolve em três fases: 1) a produção de leituras, a criação literária e a realização de saraus escolares; 2) os 33 saraus regionais das Direc, com possibilidades de homenagens aos literatos, aos trovadores, aos poetas, etc.; 3) o Sarau estadual realizado pela Secretaria da Educação, na cidade de Salvador, com a participação de 500 estudantes e profissionais da educação, artistas e literatos.

A 4ª edição do TAL de 2012 foi vencida por Lucas Lopes da Rocha com o poema “O homem invisível”. Por conta do primeiro lugar, ele ganhou até moção de congratulação da Câmara Municipal de Itanhém, sua cidade natal. Lucas já está confirmado na final regional de quarta-feira.

O TAL é uma experiência pioneira, de caráter educativo, artístico-literária e cultural que vem sendo desenvolvida pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a partir de março de 2009, configurando-se como o maior projeto de arte literária com a juventude estudantil, demarcando um novo tempo na história da educação baiana, no processo educativo e na formação cultural dos estudantes da rede estadual.

Segundo a professora Marcilea Freitas, o projeto foi concebido a partir de uma perspectiva abrangente, para promover o exercício da leitura, produção textual, contribuindo para a apropriação do conhecimento literário, a criação e a visibilidade de bens literários estudantis.
“Isso possibilita ao aluno a capacidade de desenvolver as lutas com e pelas palavras, em seus sentidos histórico e social”, disse a professora.

A professora Maria Aparecida Martinuzzo, a Cida, citou alguns dos objetivos do projeto TAL: estimular a produção literária nos contextos escolares e a valorização das manifestações culturais regionais; contribuir para a formação da intelectualidade e espiritualidade (ético e artístico) e, com isso, abrir caminhos literários para a participação social; compreender a arte literária como objeto de ampliação do conhecimento, do saber e de prazer.

“O projeto tem a missão de promover também um ambiente educacional prazeroso, no qual a cultura, a arte literária e a educação se expressem em sintonia, contribuindo para a transformação dos contextos escolares. Claro que o TAL estimula o gosto pela leitura e literatura, a arte de ler, de interpretar e de escrever”, disse Cida.

As professoras informaram que os vencedores da etapa regional dos projetos vão participar da grande final em outubro, no Pelourinho, em Salvador.

O poeta e jornalista A. Zarfeg, da comissão julgadora, é só elogios para o Sarau do TAL. “Somente por incentivar a prática da produção textual, em prosa e versos, o projeto já pode ser considerado vitorioso. Meus sinceros parabéns a todos os envolvidos nessa iniciativa positiva”, elogiou Zarfeg.

Fonte: Teixera News

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Sem acordo, bancários aprovam greve a partir da próxima semana

Os bancários decidiram nesta quinta-feira (12), em assembleia, paralisar as atividades a partir do dia 19, caso não haja um acordo até lá com a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos). A categoria reivindica, entre outras coisas, reajuste salarial de 11,9%, fim das metas abusivas e melhores condições de trabalho.
Segundo o Sindicato dos Bancários do Extremo Sul da Bahia (Sindibancários), inicialmente aproximadamente 70% dos bancários da região irão aderir à greve no primeiro dia, caso ela realmente aconteça. “Mas essa margem deve aumentar a partir daí”, informa Carlos Eduardo Coimbra, coordenador geral do Sindicato.
O dirigente avisa que na maioria dos bancos o autoatendimento vai estar funcionando, a fim de facilitar serviços emergenciais, como saques por aposentados. Por sua vez, a Confederação Nacional dos Bancários (Contraf-CUT) orienta os sindicatos dos bancários do país a intensificarem a mobilização.
Cerca de 70 agências bancárias atuam nos 21 municípios do extremo sul, e a previsão do Sindibancários é de que pelo menos 90% dos mais de 860 bancários participem da greve.
Além de negar aumento real nos salários, pisos, PLR e todas as verbas salariais (os 6,1% apenas recompõem a inflação do período medida pelo INPC), a proposta da Fenaban ignora todas as reivindicações dos bancários sobre emprego, saúde e condições de trabalho, segurança e igualdade de oportunidades.

Caixa confirma concurso público para técnico bancário

O representante da Diretoria Executiva de Gestão de Pessoas e Gerente Nacional de Remuneração e Benefícios da Caixa Econômica Federal, Salomão Azulay, anunciou nesta quinta-feira (12), a abertura de um novo concurso para técnico bancário, cargo de nível médio, ainda para este ano. A revelação aconteceu durante a 4ª Feira da Carreira Pública & Mercado de Trabalho, evento realizado pela Folha Dirigida, no Rio de Janeiro.
De acordo com Azulay, o plano é lançar o edital até dezembro, já que 2014 é ano eleitoral e, por isso, as contratações só podem acontecer até o meio do ano. o representante reforçou que ainda pode haver alguma reformulação no processo de concurso, como por exemplo, a titulação poderá servir como classificação. Ele disse ainda que a Caixa prevê contratar, até o fim do ano, 99 mil empregados. 
O último concurso para técnico bancário realizado pela Caixa aconteceu em 2012, e teve a Fundação Cesgranrio como organizadora. O certame foi inicialmente destinado apenas à formação de cadastro de reserva, mas teve até o início deste ano, 6.756 aprovados para o cargo. A remuneração para técnico é de R$2.649,24, já com R$435,16 de auxílio-alimentação/refeição, e de R$339,08 de auxílio cesta-alimentação. A contratação dos funcionários é sob regime celetista.

 
Fonte: Teixeira News


Começou e segue até dia 22 o festival gastronômico de Teixeira de Freitas

 

Foi lançado na noite desta quarta-feira (11/09), na praça de alimentação do Shopping Teixeira Mall, o Festival Gastronômico 2013 de Teixeira de Freitas, que será realizado até o próximo dia 22 de setembro, e traz a campanha “Venha saborear nossa cultura e votar na melhor comida da cidade”. Na verdade o Festival consiste num grande concurso, julgado por um corpo técnico e consumidores, que levam em consideração a degustação, apresentação, o atendimento, o ambiente e a inovação da receita.
O “Festival Gastronômico 2013 Sabores de Teixeira” está acontecendo em 26 restaurantes, hotéis e pousadas de diferentes estilos de Teixeira de Freitas que foram inscritos e objetiva movimentar os estabelecimentos durante a temporada da primavera e conquistar novos clientes. O festival também envolve os demais estabelecimentos comerciais, com o Concurso de Vitrines. As lojas terão total liberdade para praticar a criatividade e decorar as entradas a partir do tema do evento.  
 Os pratos concorrentes terão preços promocionais por categoria, já fixados em R$ 19,90 para entradas e petiscos, e R$ 29,90 para o prato principal. Para a abertura do Festival Gastronômico Sabores de Teixeira, a população contou com a presença do renomado Chef siciliano Don Fabrício, que preparou filé com especiarias e purê de batata baroa com queijo coalho. A fragrância culinária tomou o ambiente e muita gente soube muito bem aproveitar a degustação.

Os pratos concorrentes terão preços promocionais por categoria, já fixados em R$ 19,90 para entradas e petiscos, e R$ 29,90 para o prato principal. Para a abertura do Festival Gastronômico Sabores de Teixeira, a população contou com a presença do renomado Chef siciliano Don Fabrício, que preparou filé com especiarias e purê de batata baroa com queijo coalho. A fragrância culinária tomou o ambiente e muita gente soube muito bem aproveitar a degustação.
 Fonte: Teixeira News

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Conselho de Desenvolvimento Sustentável de Caravelas (BA) realiza reunião para debater setor pesqueiro



 O Conselho de Desenvolvimento Sustentável de Caravelas é uma das ações mais importantes do Programa ReDes, que é uma iniciativa idealizada pelo Instituto Votorantim

e BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) e apoiada, na região, pela Fibria.



Nesta sexta-feira, 13, o Conselho de Desenvolvimento Sustentável de Caravelas, realizará na Câmara de Vereadores uma reunião para debater o atual cenário do setor pesqueiro no município e promover a integração com os Conselhos vizinhos de Alcobaça e Nova Viçosa.
Criado com intuito de contribuir com o desenvolvimento socioeconômico sustentável do município e fortalecer a integração da comunidade, o Conselho de Desenvolvimento Sustentável de Caravelas é uma das ações mais importantes do Programa ReDes na localidade. O ReDes consiste em uma iniciativa idealizada pelo Instituto Votorantim e BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) e apoiada, na região, pela Fibria.
Os grupos de participação comunitária, como o de Caravelas, visam à criação de espaços interativos e o engajamento permanente das comunidades, por meio da articulação entre as lideranças de cada região. Buscando soluções voltadas ao desenvolvimento local, a atuação estimula o maior protagonismo individual e coletivo e a elaboração de programas que propiciem o aumento da qualidade de vida da população.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Concurso Nacional de Histórias para Municipios com até 20 mil habitantes


Bahia ficará fora do horário de verão

 Bahia ficará fora do horário de verão
O governador Jaques Wagner confirmou nesta quarta-feira (11) que a Bahia não fará parte do horário de verão que começa no último trimestre de 2013. A afirmação foi feita durante a coletiva em que o governo anunciou novos voos internacionais para Salvador. A decisão acompanha a do ano passado, quando o estado também ficou de fora, depois de uma polêmica – Wagner chegou a anunciar a adesão da Bahia, mas por conta da pressão voltou atrás e mudou de ideia. A Bahia aderiu ao horário no governo João Durval em 1985 e só deixou de participar em 2003, quando o então governador Paulo Souto (DEM) realizou uma pesquisa que revelou que 57% da população era contra adiantar o relógio. O estado ficou de fora do horário por oito anos, mas em 2011 Wagner realizou outra pesquisa e anunciou que o estado iria voltar a aderir. A decisão provocou a ira dos sindicatos de trabalhadores, que o acusaram de não se importar com as pessoas que acordam cedo para trabalhar e teriam que enfrentar a falta de claridade nas ruas. 

Fonte: Bahia Noticias

Pesquisa indica piores empregos no Brasil; Motoristas de ônibus lideram

ma pesquisa realizada pelo site de busca de empregos Adzuna e divulgada nesta quarta-feira (11) indica quais são os piores empregos no Brasil. O estudo, baseado nas vagas anunciadas no site e em critérios como potencial financeiro, ambiente de trabalho, competitividade e demanda de mercado, analisou mais de 2 mil profissões e concluiu que são os motoristas de ônibus os mais desfavorecidos no país. Segundo o portal, os profissionais, que recebem em média R$ 20 mil por ano, lidam com prazos apertados, baixo potencial de aumento de salário e uma longa jornada de trabalho. Na mesma situação, estão entregadores, que têm remuneração anual de R$ 12 mil, assistentes de cozinha, R$ 14 mil, e jornalistas, R$ 20 mil.

Pesquisa indica piores empregos no Brasil; Motoristas de ônibus lideram 

Fonte: Bahia Noticias

domingo, 8 de setembro de 2013

Índio é morto em área em conflito no sul da Bahia

Alex Rodrigues
Repórter da Agência Brasil
Um índio tupinambá foi encontrado morto na madrugada da terça-feira (3) em uma comunidade entre as cidades de Ilhéus e Una, no sul da Bahia. A morte foi confirmada à Agência Brasil por uma das lideranças da aldeia onde o índio vivia e pela Fundação Nacional do Índio (Funai), mas ambos demonstraram ainda não ter certeza sobre o que de fato ocorreu.
Em nota, a Funai informou que o índio morreu em “circunstâncias ainda não esclarecidas” e que está aguardando o resultado da perícia para poder se manifestar sobre o assunto. Uma equipe de técnicos da fundação indigenista vinculada ao Ministério da Justiça foi enviada hoje (4) para acompanhar e dar assistência aos indígenas. A Polícia Federal (PF) está apurando o caso, mas a reportagem não conseguiu falar com os responsáveis pela delegacia federal em Ilhéus.
Pascoal Pedro de Souza, uma das lideranças da Aldeia Indígena Serra das Trempe, diz que, segundo testemunhas, Dilson “Cipó”, como o índio morto era conhecido, é mais uma das vítimas do conflito fundiário que tem gerado confrontos entre índios e produtores rurais.
“Ele morreu ontem de madrugada. O Dilson estava com o Régis [outro índio] em uma fazenda ocupada no domingo [4] quando, segundo as testemunhas, começaram os tiros. O Régis foi atingido de raspão no braço e conseguiu correr. O Dilson não”, disse Souza, a partir do relato do próprio Régis e de outros índios que se encontravam na aldeia no momento da ocorrência. “O Régis diz que, no escuro, não conseguiu ver de onde vinham os tiros. Já pedimos providências à Funai e acionamos a PF”, disse Souza, acrescentando que a vítima tinha mulher e duas filhas e que, vindo de Porto Seguro, onde também tinha parentes, havia se reunido ao movimento indígena, no sul da Bahia, há cerca de quatro meses.
Localizada a cerca de 462 quilômetros de Salvador (BA), Ilhéus fica na região conhecida como Serra do Padeiro, onde, nos últimos meses, índios ocuparam várias propriedades rurais. O foco maior do conflito está na cidade de Buerarema, mas há também fazendas ocupadas em Una e em São José da Vitória, além de Ilhéus. Segundo o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), os índios tomaram posse de 80% da área que eles reivindicam como território tradicional.
As ocupações, que os índios classificam como “retomada do território sagrado”, foi a forma encontrada pelos tupinambás para exigir do governo federal a conclusão do processo de demarcação da Terra Indígena Tupinambá de Olivença. A área de 47.376 hectares (um hectare corresponde a 10 mil metros quadrados, o equivalente a um campo de futebol oficial) foi delimitada pela Funai em 2009. Desde então, os índios cobram que o Ministério da Justiça expeça a portaria declaratória, reconhecendo-a como território tradicional indígena. Feito isso, ainda será preciso aguardar que a Presidência da República homologue a área.

Fonte: Agência Brasil

Uneb abre inscrições para o vestibular 2014


A Universidade do Estado da Bahia (Uneb) abriu as inscrições para o Processo Seletivo Vestibular 2014 aos Cursos de Graduação Presencial, distribuídos entre os seus 24 campi localizados no Estado da Bahia.

A Uneb oferece o total de 4.451 vagas, distribuídas da seguinte forma: 2.662 vagas para candidatos não optantes, 1.789 vagas para negros optantes, além de 234 sobrevagas para candidatos indígenas. 

As inscrições devem ser feitas no site www.vestibular.uneb.br ou no site www.consultec.com.br, até 13 de outubro. O valor da taxa é de R$ 98. 

As provas de conhecimentos serão realizadas nos dias 24 e 25 de novembro, em horário e local divulgados, oportunamente, no Cartão de Informação do Candidato através dos sites da Uneb e da Consultec.

Fonte: Correio da Bahia

Somos mais de 800 mil pessoas no extremo sul da Bahia

A última contagem do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, divulgada no dia 30 de agosto, trouxe os novos números habitacionais das cidades brasileiras e a região extremo sul da Bahia, compreendida por 21 municípios, entre os rios Jequitinhonha e Mucuri, já se soma 826 mil pessoas.
Pela força dos braços dos seus habitantes, o extremo sul é uma das regiões mais ricas da Bahia e sediada numa tríplice fronteira de Estados, onde a iniciativa privada gera sozinha o seu potencial econômico e faz do seu território uma das regiões mais propícias do país, estabelecendo o maior pólo de celulose  e papel do pais, com a maior produção de café conilon do mundo, a maior produção de mamão do país, o maior polo da madeira de eucalipto do nordeste, o maior rebanho bovino do Estado, o maior pólo de indústrias sucroalcooleiras da Bahia, o terceiro maior pólo turístico do Brasil e com a mais nova produção geradora de energia elétrica do Estado, com duas hidrelétricas, uma em Itapebi e a outra no triangulo divisório dos municípios de Itamaraju, Vereda e Jucuruçu.
Conheça a posição dos 21 municípios do extremo sul: 01 Teixeira de Freitas 153.385 -, 02 Porto Seguro 141.006 -, 03 Eunápolis 110.803 -, 04 Itamaraju 67.128 -, 05 Nova Viçosa 42.265 -, 06 Mucuri 39.927 -, 07 Itabela 30.636 -, 08 Prado 29.095 -, 09 Santa Cruz Cabrália 27.854 -, 10 Belmonte 23.471 -, 11 Medeiros Neto 23.358 -, 12 Alcobaça  23.176 -,13 Guaratinga 22.583 -, 14 Caravelas 22.328 -, 15 Itanhém 20.735 -, 16 Itapebi 10.942 -,17 Jucuruçu 10.403 -, 18 Ibirapuã 8.603 -, 19 Itagimirim 7.420 -, 20 Vereda 6.781 -, 21 Lajedão 3.971.

Fonte: Teixeira News.

Liga caravelense de desportos realizou o 1° Torneio da Independência em Caravelas

A Liga caravelense de desportos e a comunidade da Coreia, realizaram nos dias 31 de agosto e 1º, 7 e 8 de setembro o 1° Torneio da Independência em Caravelas, onde competiram times do município de Caravelas e seus distritos.
O time de Ponta de Areia ficou com o prêmio de Campeão Aberto ao derrotar na final o time da Barra de Caravelas. O time Master de Caravelas ficou com o prêmio máximo de Campeão do 1° Torneio da Independência ao derrotar, na final, o time de Ponta de Areia. Aconteceram também jogos das equipes femininas e o time do bairro das Palmeiras jogou muito bem e conseguiu o prêmio de Campeão Feminino do 1° Torneio ao derrotar o time da Barra de Caravelas.
O Epitácio Farias presidente da Liga Caravelense de Desportos, no encerramento do 1º Torneio da Independência, agradeceu a Prefeitura Municipal de Caravelas, através de sua Divisão de Esportes, pelo total apoio ao evento, às equipes participantes, aos árbitros e gandulas e agradeceu em especial ao público que compareceu e abrilhantou o Torneio, que com certeza deve entrar para o calendário de eventos esportivos do município de Caravelas.






Fonte: Farol para Abrolhos